Google Drive ultrapassa Microsoft OneDrive em download de malware na nuvem

Google Drive ultrapassa Microsoft OneDrive em download de malware na nuvem

Pesquisa aponta aumento no número de ataques e roubo de credenciais no último ano

Uma pesquisa, realizada pela Netskope, aponta que mais de dois terços dos downloads de malware vieram da nuvem em 2021 e identificou o Google Drive como a aplicação que mais acumula este problema, assumindo a posição de liderança que antes era do Microsoft OneDrive.

A pesquisa também identifica o aumento de 19% para 37% em documentos maliciosos do Office de todos os downloads de malware, apontando a ampliação dos riscos de segurança. O relatório Netskope Cloud and Threat Spotlight: January 2022 mostra ainda que mais da metade de todas as instâncias de aplicações gerenciadas em nuvem são alvo de ataques de roubo de credenciais.

Com base em dados anônimos coletados pela plataforma Netskope Security Cloud de milhões de usuários em todo o mundo, no período entre 1° de janeiro de 2020 e 30 de novembro de 2021, as principais conclusões do Cloud & Threat Spotlight são: 

● O malware entregue na nuvem é agora mais predominante do que o malware entregue na web. Em 2021, os downloads originados de aplicações em nuvem aumentaram para 66% em comparação com sites tradicionais, ante 46% no início de 2020. 

● O Google Drive surge como a principal aplicação para a maioria dos downloads de malware. A pesquisa revela que o Google Drive foi responsável pela maioria em 2021, assumindo o primeiro lugar que anteriormente era do Microsoft OneDrive. 

● O malware entregue na nuvem por meio do Microsoft Office quase dobrou de 2020 a 2021. Os documentos maliciosos do Microsoft Office aumentaram para 37% no final de 2021 em comparação com 19% no início de 2020, à medida que os invasores continuam a usar documentos do Office como porta de entrada para os sistemas que têm como alvo. 

Envie o Press Release da sua empresa para o Resumo Cloud, acesse nossa página de contatos.

Fonte: ConvergenciaDigital

Imagem: Unsplash




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua