Ceará receberá terceiro edge location no Brasil da AWS

Ceará receberá terceiro edge location no Brasil da AWS

A AWS projeta melhoria de até 18% na latência dos dados entregues por meio do terceiro edge location no Ceará

O Ceará vai sediar o terceiro edge location no Brasil da Amazon Web Services (AWS). O anúncio do projeto foi realizado pelo governador Camilo Santana e por Paulo Cunha, gerente-geral da AWS para o Setor Público na América Latina, Canadá e Caribe. 

Com a unidade cearense, localizada em Fortaleza, a empresa oferecerá conectividade segura, confiável e de alto desempenho para o resto da rede global da AWS e suporte para serviços, incluindo o Amazon CloudFront e o AWS Global Accelerator.

Camilo Santana, governador do estado do Ceará, disse: “Queremos fazer do Ceará o primeiro governo 100% digital do Brasil, e a parceria com a AWS é fundamental para atingirmos este objetivo. O Ceará é o segundo maior ponto de conectividade de cabos de fibra óptica do mundo e temos investido em conectividade para todos os municípios do estado. Fico muito feliz que o nosso estado possa fazer parte da rede global da AWS por meio deste edge location”. 

O Gerente Geral e Chefe Regional da América Latina, Canadá e Caribe, Jeffrey Kratz, afirmou que “Estamos felizes em continuar expandindo nossa presença e investimentos no Brasil em resposta ao feedback dos clientes, trazendo tecnologias de nuvem ainda mais avançadas para clientes em toda a América Latina”.

Ele destaca ainda: “Empresas de todos os tamanhos e em todos os setores, incluindo organizações do setor público e instituições educacionais, poderão desfrutar da baixa latência e das altas taxas de transferência de dados fornecidas pelo novo edge location da AWS no Ceará.”

A AWS projeta melhoria de até 18% na latência dos dados entregues por meio do edge location. Ele se integra a outras duas implementações de edge no País e conecta o Brasil à infraestrutura global da AWS, que é projetada e construída para fornecer o ambiente de computação em nuvem mais seguro, confiável e escalável com desempenho de rede de alta qualidade.

Por meio do novo centro, a AWS está oferecendo os programas AWS Educate e AWS Academy para alunos e professores universitários, bem como colaboração com universidades estaduais para desenvolver e aprimorar a pesquisa acadêmica usando a nuvem da AWS e qualificação governamental em transformação digital. Além disso, a empresa também oferece os programas AWS EdStart e AWS Activate para acelerar startups na região.

Com o novo investimento, a infraestrutura global da AWS incluirá mais de 226 pontos de presença (PoP) em 91 cidades em 47 países.

Fonte: Ceará

Imagem: Carlos Gibaja




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua