WhatsApp permitirá criptografia dos backups de bate-papo na nuvem

WhatsApp permitirá criptografia dos backups de bate-papo na nuvem

O WhatsApp já possui bate-papos criptografados de ponta a ponta entre os usuários, porém os usuários tinham que armazenar na nuvem do seu aparelho

O WhatsApp divulgou recentemente que vai oferecer aos seus dois bilhões de usuários a opção de criptografar os seus backups de bate-papo para a nuvem. Isso é um passo importante para acabar com uma das maneiras difíceis de comprometer a comunicação privada entre indivíduos no aplicativo.

O serviço do Facebook possui bate-papos criptografados de ponta a ponta entre os usuários por mais de uma década. Porém, os usuários não tinham outra opção a não ser armazenar o backup do bate-papo em sua nuvem, como iCloud em iPhones e o Google Drive no Android, em um formato não criptografado.

Usar esses backups de bate-papo não criptografados do aplicativo, nos servidores do Google e da Apple, é uma das formas conhecidas pelas as agências de aplicação da lei em todo o mundo, onde elas têm sido capazes de acessar os bate-papos do WhatsApp de indivíduos suspeitos. Agora a empresa afirmou que está corrigindo esse ponto fraco do sistema.

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou em uma postagem anunciando o novo recurso que “O WhatsApp é o primeiro serviço global de mensagens nesta escala a oferecer backups e mensagens criptografadas de ponta a ponta, e chegar lá foi um desafio técnico realmente difícil que exigiu uma estrutura totalmente nova para armazenamento de chaves e armazenamento em nuvem em todos os sistemas operacionais”.

A organização ainda disse que desenvolveu um sistema com o objetivo de permitir que os usuários do WhatsApp no ​​Android e no sistema iOS bloqueiem os seus backups de bate-papo com chaves de criptografia. A empresa afirma que vai fornecer aos seus usuários dois jeitos diferentes de criptografar os seus backups na nuvem, e esse recurso é opcional.

Os usuários do WhatsApp vão notar uma opção, nas próximas semanas, para gerar uma chave de criptografia de 64 dígitos para bloquear seus backups de bate-papo na nuvem. Os usuários vão ter a opção de armazenar a chave de criptografia offline ou em um gerenciador de senha de sua escolha, ou ainda podem criar uma senha que faça backup de sua chave de criptografia em um “cofre de chave de backup” baseado em nuvem que o aplicativo desenvolveu. 

“Sabemos que alguns vão preferir a chave de criptografia de 64 dígitos, enquanto outros querem algo de que possam se lembrar facilmente, então incluiremos as duas opções. Depois que um usuário define sua senha de backup, ela não é conhecida por nós. Eles podem redefini-lo em seu dispositivo original se esquecerem”, disse o WhatsApp.

A empresa acrescenta ainda que “Para a chave de 64 dígitos, notificaremos os usuários várias vezes quando eles se inscreverem para backups criptografados de ponta a ponta que, se perderem a chave de 64 dígitos, não poderemos restaurar seu backup e que eles devem gravar para baixo. Antes que a configuração seja concluída, pediremos aos usuários que confirmem que salvaram sua senha ou chave de criptografia de 64 dígitos.”

Um porta-voz do WhatsApp comentou para o site TechCrunch que, assim que um backup criptografado for feito, as cópias anteriores do backup serão excluídas. “Isso acontecerá automaticamente e não há nenhuma ação que o usuário precise realizar”, disse.

Fonte: TechCrunch

Imagem: Reprodução




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua