Dremio lança serviço de nuvem de data lake na nuvem da AWS

Dremio lança serviço de nuvem de data lake na nuvem da AWS

Com base na plataforma SQL Lakehouse existente da empresa, o serviço Dremio Cloud é executado na nuvem pública da Amazon Web Services (AWS)

A Dremio divulgou o lançamento de um serviço em nuvem que cria um data lake baseado em um mecanismo SQL na memória que inicia consultas em dados armazenados em um sistema de armazenamento baseado em objeto.

O objetivo do lançamento é tornar mais fácil para as organizações aproveitarem o data lake, denominado Dremio Cloud, sem ter que empregar uma equipe interna de TI para gerenciá-lo, afirmou Tomer Shiran, diretor de produto da Dremio. Uma empresa agora consegue começar a acessar o Dremio Cloud em apenas cinco minutos, disse o diretor.

Com base na plataforma SQL Lakehouse existente da empresa, o serviço Dremio Cloud é executado na nuvem pública da Amazon Web Services (AWS). Shiran comentou que ele oferece todos os benefícios de um data warehouse em uma plataforma que emprega um sistema de armazenamento baseado em objeto para reduzir o custo total de construção de um data lake.

O Dremio Cloud é baseado em uma arquitetura de microsserviços que também possui uma malha de serviço para disponibilizar recursos de infraestrutura sob demanda, através do plano de controle do serviço. Como resultado, os clientes não gastam com a Dremio ou com a AWS quando a plataforma está ociosa, afirmou Shiran.

Os dados são criptografados em repouso e em trânsito utilizando ferramentas de gerenciamento de chaves que conseguem garantir uma comunicação segura entre os clientes, o plano de controle e o plano de dados. 

A empresa também mantém representações fisicamente otimizadas de dados de origem, conhecidas como Reflexões de Dados. O otimizador de consulta pode então acelerar uma consulta usando um ou mais reflexos de dados para obter resultados da consulta parcial ou totalmente, sem ter que processar dados brutos para cada consulta iniciada.

A Dremio também fornece suporte para cache de plano de consulta, o que elimina a sobrecarga e a latência para consultas repetidas, além de um compilador de alto desempenho que permite instruções SQL muito maiores e mais complexas. Enquanto isso, emprega algoritmos de aprendizado de máquina (ML) para reduzir a quantidade de recursos de computação necessários para iniciar consultas SQL. 

Fonte: Venture Beat

Imagem: Dremio/Divulgação




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua