KIT-AR vence programa acelerador 5G da AWS e da NOS

KIT-AR vence programa acelerador 5G da AWS e da NOS

Com esse serviço, a KIT-AR recebeu um prémio no valor de 7.500 euros, e também um acréscimo de 100 mil euros em créditos da AWS

A KIT-AR foi anunciada como a vencedora do programa Acelerador 5G da NOS e da Amazon Web Services (AWS). A startup de Portugal levou uma solução que utilizava aprendizado de máquina (ML) e realidade aumentada, que tinha a capacidade de habilitar os operadores de chão de fábrica, tornando melhor os processos de produção da indústria. 

Com esse serviço, ela recebeu um prémio no valor de 7.500 euros, e também um acréscimo de 100 mil euros em créditos da AWS, voltados para suporte técnico e  acesso direto à incubação do projeto na Startup Lisboa.

A KIT-AR foi a startup que roubou o foco entre as outras 13 que também chegaram ao ‘Demo Day’ do programa de inovação colaborativa da NOS e da AWS, que teve como parceria a Startup Lisboa, apresentando uma solução que recorre ao 5G e tem um impacto direto na chamada Indústria 4.0.

“Valeu muito a pena ter participado”, disse Manuel Oliveira, CEO da KIT-AR, depois do anúncio do vencedor. O gestor disse que participar do programa levou a antecipação de passos que a startup planejava alcançar só depois de um ano. O projeto da KIT-AR integrou cenários 5G no desenvolvimento da solução antes do que foi planejado, o que permitiu realizar testes reais com a rede 5G. “[Esses testes] foram essenciais para validarmos a oportunidade e identificarmos os desafios tecnológicos associados à sua implementação da solução”, acrescenta Oliveira.

Manuel Oliveira afirmou que a KIT-AR ganhou a “confiança de diversos investidores nacionais e internacionais […] E temos já o interesse firme de investidores para criar novos canais comerciais e desenvolver as oportunidades que o Acelerador 5G e este reconhecimento criaram”.

Na fase final, o Demo Day, as startups concorrentes apresentam ao júri uma proposta final das suas soluções tecnológicas. A KIT-AR decidiu demonstrar uma forma de, com ajuda da realidade aumentada e do aprendizado de máquina, munir os operadores de chão de fábrica com dados que permitem otimizar os processos de produção industrial. Segundo dados citados pela startup, isso porque o custo da má qualidade da produção afeta entre 5% a 40% da receita gerada.

De acordo com o site O Jornal Económico, a KIT-AR propõe um dispositivo que permite recolher dados mais completos de todos os processos da unidade industrial, essenciais à melhoria da produção. Utilizando a rede 5G, e a velocidade a que os dados são tratados em tempo real permitirá disponibilizar ao trabalhador métodos mais precisos e eficazes à produção, o que reduzirá a margem de erro nas linhas de produção.

Fonte: O Jornal Económico

Imagem: Funding London




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua