Solytic utiliza o Azure para tornar a tecnologia de energia solar mais eficiente

Solytic utiliza o Azure para tornar a tecnologia de energia solar mais eficiente

O software da Solytic auxilia os consumidores a entender por que uma instalação pode não estar funcionando tão eficientemente quanto ela poderia

A Solytic, uma startup alemã de tecnologia de energia solar, está utilizando o Microsoft Azure para melhorar os seus serviços. A solução da empresa gerencia e obtém insights de dados coletados nas instalações fotovoltaicas dos seus clientes para melhorar a tomada de decisões.

O software da startup auxilia os consumidores a entender por que uma instalação pode não estar funcionando tão eficientemente quanto ela poderia. “Os módulos não precisam ser visivelmente danificados para ter um desempenho inferior”, afirma Konrad Perényi, diretor administrativo da Solytic. “Identificamos o motivo da queda no desempenho.”

Hoje, a Solytic monitora mais de 130.000 usinas fotovoltaicas em 60 países e ainda recebe cerca de 3.000 leituras de seus clientes a cada segundo. Por ter essa quantidade abundante de dados, a empresa estava necessitando de uma solução ambientada na nuvem.

Steffen Mangold, diretor de tecnologia da Solytic, disse: “Gerenciar tudo isso no local teria se tornado impossível agora […] As tecnologias que exigem manutenção manual e monitoramento chegaram ao seu limite há muito tempo”

“A plataforma de nuvem Azure nos fornece a maneira mais rápida de criar escalabilidade enquanto permite que os desenvolvedores se concentrem no desenvolvimento. Graças às funcionalidades integradas, podemos garantir o fornecimento, manutenção e disponibilidade da plataforma, bem como a segurança dos dados – tudo com um mínimo de pessoal”, acrescenta.

Como a startup participa do programa Microsoft for Startups, ela recebe suporte da Microsoft para corrigir problemas, explorar escalabilidade e construir uma infraestrutura tecnológica. Essa colaboração ajudou a empresa a desenvolver um modelo de processo de três estágios para os seus clientes. 

Esse modelo consiste em: a instalação fotovoltaica primeiro envia os dados para a nuvem, onde são visualizados pela Solytic; em seguida, a análise identifica os problemas e o potencial da instalação; na terceira parte, o mercado oferece propostas de soluções concretas para combater os problemas do consumidor ou ajudá-lo a crescer. 

Além disso, a Solytic ainda está planejando integrar inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina (ML) para fornecer monitoramento automatizado, análise e serviços de mercado. 

“Queremos reconhecer as causas e evitar desvios do ideal com uma precisão ainda maior”, comenta Mangold. “Nosso objetivo é avisar proativamente os usuários antes que qualquer falha se torne crítica e as devoluções sejam perdidas.”

A empresa também tem a meta de equipar um milhão de instalações com o software Solytic,  nos próximos três anos. A Microsoft comentou sobre isso, e disse que isso “aumentará a eficiência e a lucratividade dos sistemas fotovoltaicos, ao mesmo tempo ajudando a gerar mais energia verde e, assim, acelerar a transição energética”.

Fonte: TheRecord

Imagem: Panorama Offshore




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua