Banco Original firma parceria com o GCP com foco no Open Banking

Banco Original firma parceria com o GCP com foco no Open Banking

A parceria com o GCP vai reforçar a estratégia omnichannel do Banco Original para conseguir otimizar a interação com os seus clientes

O Banco Original e o Google Cloud Platform (GCP) divulgaram uma nova parceria com foco na implementação do Open Banking no Brasil. A colaboração vai permitir com que o banco dê um grande passo e tenha análise de dados online e offline dos seus clientes, assim como também ofertas de produtos ultra personalizados.

A leitura inteligente dos dados das pessoas que utilizam as contas será em tempo real e muito mais rápida e precisa. Isso só será possível devido aos serviços de computação em nuvem do GCP. Além disso, a parceria vai reforçar a estratégia omnichannel do banco para conseguir otimizar a interação com os seus clientes.

Rafael Carelli, head de CRM do Banco Original, em entrevista ao Olhar Digital, disse: “Estamos indo para a nuvem e, por meio dela, teremos um dinamismo informacional muito mais tecnológico e otimizado para a esfera de análise de dados dos clientes. Essa parceria nos possibilita maior capacidade e um tratamento dessas informações em uma velocidade muito maior”.

Porém, a maior diferença que a parceria traz é a análise de dados online e offline. Isso vai permitir com que serviços sejam ainda mais compatíveis com as necessidades dos consumidores do Banco Original.

“Há um grande diferencial quando se pode trabalhar dados online e offline. Com todas essas informações, é possível garantir a melhor oferta possível para o cliente de maneira muito mais contextualizada. O grande benefício é a possibilidade de trabalhar de maneira ultra personalizada”, acrescentou Carelli. 

O banco está esperando que a colaboração com o gigante da nuvem consiga trazer cada vez mais clientes. Hoje, a organização possui cerca de 4,5 milhões de correntistas em seu portfólio. Mas o banco não espera só a chegada de novos consumidores, além disso o banco quer que os serviços personalizados auxiliem a ativar os atuais clientes.

Porém, o Banco Original não foi o primeiro que apostou as suas fichas na computação em nuvem. Em abril deste ano, o Banco BTG+ tornou-se o primeiro banco brasileiro que está funcionando 100% na nuvem, com os serviços da Amazon Web Services (AWS).

Fonte: Olhar Digital

Imagem: Reprodução/Facebook




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua