TigerGraph levanta financiamento de US $105 milhões com a Tiger Global

TigerGraph levanta financiamento de US $105 milhões com a Tiger Global

A rodada de financiamento da Série C elevou o valor total do financiamento da startup para mais de 170 milhões de dólares

Uma startup da Califórnia (Estados Unidos), a TigerGraph, que fornece uma plataforma de análise gráfica, conseguiu levantar US $105 milhões em uma rodada de financiamento da Série C que elevou seu valor total de financiamento para mais de 170 milhões de dólares. 

Essa rodada de financiamento foi liderada pela Tiger Global. A empresa disse que este é o maior investimento no mercado de banco de dados gráfico e analítico até o momento em seu comunicado na quinta-feira passada. 

De acordo com o site Deal Street Asia, o fundador e CEO da TigerGraph, Yu Xu, contou sobre a empresa que “TigerGraph está liderando a mudança de paradigma na conexão e análise de dados por meio de tecnologia gráfica escalável e nativa com entidades pré-conectadas em comparação com a maneira tradicional de juntar grandes tabelas com linhas e colunas”.

A TigerGraph vai usar esse financiamento para inovação e desenvolvimento de produtos para melhorar a oferta e o suporte aos seus clientes, incluindo TigerGraph Cloud no Google Cloud Platform, que deve estar disponível no mercado em março deste ano. Além disso, oferecerá suporte multirregional para AWS da Amazon e o Microsoft Azure.

“Este financiamento nos permitirá expandir nossa oferta e levá-la a muitos mais mercados, permitindo que mais clientes percebam os benefícios da análise gráfica e da IA ​​(inteligência artificial)”, afirma Xu. A startup já está na China e está abrindo filiais em Cingapura e Indonésia.

As soluções e serviços da TigerGraph beneficiam-se da “tecnologia de gráfico”, que são traduções dos bancos de dados relacionais que oferecem aos clientes a oportunidade de reduzir os ciclos de desenvolvimento para preparação de dados, melhorar a qualidade dos dados, identificar novos insights como padrões de similaridade para fornecer recomendação de ação. 

Segundo seu banco de dados gráfico nativo distribuído, sua tecnologia suporta análises avançadas e aplicativos de aprendizado de máquina, como detecção de fraude, anti-lavagem de dinheiro (AML), resolução de entidade, cliente 360, recomendações, gráfico de conhecimento, cibersegurança, cadeia de suprimentos, Internet das coisas ( IoT) e análise de rede.

Além do novo estabelecimento de escritórios planejado em Cingapura e Indonésia, está expandindo seu alcance global com suporte local na Ásia e Austrália/Nova Zelândia. Enquanto isso, a empresa planeja expandir com contratações adicionais na América, EMEA e APAC para atender à crescente demanda de produtos.

Imagem: DCVC




Não há comentários neste post

Adicione a sua sua